Workteto

Como o orçamento de reforma é feito?

como é feito um orçamento de reforma

Surgiu a dúvida: Como é feito orçamento de reforma?

Está planejando reformar seu imóvel, mas não sabe quanto vai custar? Não sabe nem como fazer esse cálculo? Fazer um orçamento de reforma pode ser complicado no início, mas vai te ajudar muito a controlar a verba e evitar gastos desnecessários.

Recentemente, fizemos uma postagem para te ajudar a entender por onde começar a sua reforma, confira!

Então quanto custa reformar uma casa ou apartamento? A resposta mais adequada é depende! Depende, porque são vários fatores que devem ser considerados além do projeto para reforma. A idade do imóvel, a quantidade de cômodos que serão reformados, as características de cada ambiente, a localização e a escolha dos materiais são apenas alguns pontos a serem levados em conta.

Orçamento de reforma de casas e apartamentos

É importante lembrar que casas e apartamentos antigos costumam ser uma caixinha de surpresas, nem sempre agradáveis. Como resultado do desgaste natural, as estruturas elétrica e hidráulica podem apresentar problemas, como curtos-circuitos e infiltrações. O que leva a mais gastos, já que a reforma deixa de ser opcional e envolve a demolição de paredes e revestimentos.

Se for reformar completamente um apartamento mais antigo, os custos giram em torno de 30 a 40% do valor do imóvel. Mas se a obra for em apenas alguns cômodos, o orçamento vai depender do que será reformado. Em ambientes molhados, como cozinha e banheiro, a despesa é maior por envolver elétrica, hidráulica, louças e revestimentos.

Já apartamentos novos não precisam de tanta atenção a questões estruturais, hidráulicas e elétricas. Porém, concentram os gastos em marcenaria, iluminação, revestimento e decoração em geral, como troca de bancadas e pisos por motivos de qualidade e estética.

Mesmo assim, a obra de um apê antigo costuma ser aproximadamente 10% mais cara do que a de um novo.

Já o orçamento de reforma de uma casa pode ser até 20% a mais do que um apartamento. Isso acontece porque a obra tem um maior número de etapas a serem concluídas, o que exige a contratação de mais profissionais.

Em geral, podemos dizer que aproximadamente um terço do valor total de qualquer obra vai para o empreiteiro, um terço para a marcenaria e o último terço para louças, metais e acabamentos.

Veja um pouco sobre: Quanto custa reformar.

O que deixa a reforma mais cara?

A área externa das residências, como calçada, quintal, jardim, piscina e churrasqueira, pode ser considerada uma vilã, pois é responsável por encarecer bastante a obra.

Outro fator que também pode interferir no orçamento é a localização do imóvel. Isso acontece porque reformas em áreas mais nobres geralmente utilizam mão de obra especializada, assim como materiais e acabamentos de alto padrão. A diferença pode chegar a 40%.

São vários os fatores que podem interferir no orçamento de reforma. Por isso, sempre procure um profissional de confiança para te orientar.

Um engenheiro ou arquiteto estão capacitados para fazer todo o planejamento, o que inclui a busca pelos melhores produtos, fornecedores e mão de obra, sempre de acordo com sua verba. Assim, você pode ter certeza de que não terá nenhuma surpresa desagradável e que seu dinheiro estará bem investido.

Veja 4 motivos para contratar um engenheiro.

Precisando de orçamentos de reforma? Solicite seus orçamentos de reforma gratuitos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.